sábado, 28 de outubro de 2017

Just Dancers da Região Norte ganham visibilidade mundial

Posted by   on


Com direito a comunidades e grupos voltados para o público do Norte, além de jogadores reconhecidos internacionalmente, o jogo Just Dance, simulador de dança desenvolvido pela empresa franco-canadense Ubisoft, possui cada vez mais adeptos entre os usuários de jogos eletrônicos da região, principalmente na capital do Pará, Belém.  Devido a grande aprovação entre os fãs, foi realizada uma seletiva local para o campeonato nacional, no Shopping Bosque Grão-Pará, durante os meses de agosto e setembro. O auge da conquista e objetivo de todos os jogadores competitivos é a premiação mundial, que acontece anualmente na França.


Entre os Just Dancers do Norte, os selecionados para a disputa nacional realizada em São Paulo - SP, foram:  Marcio Gama (primeiro lugar) e Norman Garcia (segundo lugar). Na categoria juvenil, João Victor (primeiro lugar) e Marcos Paulo (segundo lugar). O Estado do Pará já teve outro representante com excelentes resultados: Em 2016, o paraense Hian Dennys participou do Campeonato Mundial de Just Dance, na França, ficando em quarto lugar na classificação final, após ter conquistado a classificação nacional que acontece na capital paulista durante a Brasil Game Show, maior evento de jogos eletrônicos da América Latina.  

Estudante de Enfermagem da Universidade Federal do Amapá, Marcio Gama viajou pela primeira vez para Belém apenas para participar da competição. Morador da cidade de Santana, ele precisou providenciar as despesas de passagem, estadia e alimentação, enqunato treinava as músicas e estudava. Ele reafirmou o apoio de sua torcida: "sem minha família e amigos, eu nunca teria conseguido isso". Marcio gostou da receptividade da capital paraense ao jogo: "achei bem melhor do que na cidade onde eu vivo. Aqui mal tem pessoas que realmente se interessam pelo jogo a ponto de saber o que ele é de verdade. Eu já conhecia o Hian (participante do mundial) desde o ano passado, e quando cheguei, ele me apresentou aos seus amigos e ao grupo que eles participavam, o Dream Team. Eles fazem vídeos das músicas presentes nos jogos, marcam encontros, combinam de sair pra jogar Just Dance e tudo mais. Eles me adotaram no grupo e pela primeira vez eu senti que fazia parte de uma família que gosta das mesmas coisas que eu. Em Belém tem mais competições e casas de jogos que têm Just Dance, sem falar das pessoas que realmente entendem do jogo".


Belém foi a sexta cidade brasileira a receber uma classificatória do campeonato nacional. As regionais, que a partir deste ano passaram a se chamar Just Dance Tour, também foram realizadas em Fortaleza/CE, Recife/PE, Belo Horizonte/MG, Rio de Janeiro/RJ e São Paulo/SP. O evento local, que é uma realização da Ubisoft, em parceria com a Lagardère Sports Brasil e o Grupo Manga, teve organização da empresa Studio Games, e foi dividido em duas categorias: a Jovem (13 a 17 anos) e a Profissional (maiores de 18 anos), com a disputa da almejada vaga. Segundo a representante da Studio Games, Wanessa Wagner, "a comunidade just dancer em Belém é muito grande e sempre frequentou o espaço desde a inaguruação da casa. Na Studio Games nós trabalhamos com diversas plataformas para diversos tipos de público, o Just Dance é um deles e de onde vem nossos clientes mais fiéis, pessoas que estão conosco diariamente. A demanda para eventos relacionados ao jogo existe e é intensa, por isso sempre tentamos dar uma atenção especial". Wanessa percebe o carinho do público:  "foram  extremamente receptivos conosco desde o início. Acredito que a comunidade que já é grande, só tende a crescer cada dia mais. Temos jovens muito talentosos que já conseguiram grandes feitos como disputar uma final de um campeonato mundial e acreditamos que se eles continuarem nesse caminho, seguindo seus sonhos, irão cada dia mais longe carregando o nome do Pará".

 Músicas de sucesso e competição transformam game em fenômeno   

Desde o lançamento de sua primeira versão em 2009, Just Dance tem mais de 60 milhões de cópias vendidas e uma comunidade com mais de 120 milhões de jogadores em todo o planeta, sendo considerado o mais bem sucedido jogo de dança. No Brasil, existem mais de 10 milhões de jogadores ativos, dos quais se destaca o bicampeão mundial do game, Diegho San, do Rio de Janeiro. Com uma nova edição a cada ano, Just Dance 2018 foi lançado neste mês de outubro, com uma tracklist variada: são mais de 40 canções inéditas  e a possibilidade de acessar mais de 300 por meio do Just Dance Unlimited, um serviço exclusivo para os jogadores. Entre os sucessos preferidos do público, músicas que apareceram do topo da lista da Billboard deste ano, como “Despacito” de Luis Fonsi & Daddy Yankee, “Side to Side”, de Ariana Grande e Nicki Minaj, e “24K Magic”, de Bruno Mars”. Clássicos dos anos 70 como  “Daddy Cool”, do Groove Century, e até músicas orientais do K-pop, como “Bubble Pop”, de HyunA fazem parte do jogo.

“A Copa do Mundo de Just Dance preenche a nossa ambição de fazer todo mundo dançar com o game”
. A afirmação é de Marine de La Seiglière, produtora executiva de Just Dance: “O evento dá um toque especial ao mundo dos e-Sports, não apenas por ser um encontro perfeito entre games e atividades físicas, mas por ser um espetáculo de entretenimento. Trabalhamos para tornar a atividade de dança mais acessível a todos e estou orgulhosa do que estamos fazendo com relação aos esportes eletrônicos”.

Nenhum comentário:
Escreva comentários

O que você tem a dizer sobre isso??

Estamos no Twitter, é só seguir - http://twitter.com
Receba nossa Newsletter