domingo, 30 de março de 2014

Fui lá - Guns n´Roses em Curitiba - PR

Posted by   on

Apesar da semana de clima bom em Curitiba, justamente no domingo a chuva resolveu aparecer, durante a tarde e a noite, na hora do show. Nada que pudesse abalar o ânimo das mais de 16.000 pessoas que compareceram para assistir de perto Axl e cia. O portões do Estádio Durival Brito abriram um pouquinho antes da hora prevista, e não houveram dificuldades de acesso para o público. Apenas um pouco de falta de informação sobre as filas para os acessos diferenciados (Jungle Zone, Paradise, Pista e Arquibancada). Mas nada que realmente atrapalhasse a festa. 
Um pequeno "silêncio" até o início da apresentação da banda que abriu o show (deveriam ter contratado um DJ), e eis que Motorocker sobe ao palco: com bastante energia fizeram uma excelente apresentação, priorizando as composições próprias, que o público paraecia conhecer de cor (o grupo é curitibano).
Cinco minutinhos de atraso (pois a equipe técnica estava preparando o palco) e, diante de nossos olhos estarrecidos, surge Axl e a banda detonando bem ali na nossa frente. O público surtou. 

A apresentação se deu, na sequência:   


Chinese Democracy - A boa impresão se deu meio que no impacto pelo início do show (afinal, não é todo dia que você vê Axl Rose bem na tua frente); teve como momento marcante o show pirotécnico. Movimentos lentos de Axl, sem a energia da juventude que o tornou conhecido. A música já virou marca registrada do início dos shows, e é um excelente "levanta galera". 

Welcome To The Jungle -Sucesso das antigas, uma das músicas preferidas da maioria dos fãs. O côro do público cantando junto foi tão impresionante quanto a desenvoltura da banda em executá-la. Axl ainda comportado, sem direito a muitas dancinhas "shananana knesss kness". Mas arriscou o rebolado característico. Foi mais empático com a platéia. 

It's So Easy - Pra mim, foi uma das muitas grandes surpresas da noite. Perfeitamente executada, It´s so Easy provou que é um grande hit entre os fãs. Axl já arriscava se soltar mais, fazendo seus gestos sexuais costumeiros e chutinhos no ar. Meio duro, mas cheio de graça. A banda também estava demonstrando integração entre os componentes.

Mr. Brownstone - Outro clássico da formação original do Guns, perfeitamente executado. Axl e a banda mandaram muito bem. O público acompanhou cantando junto, e até o momento, tudo correndo muito bem. A responsabilidade nas músicas do início da história da banda é muito maior, e o Guns deu conta do recado, mandando ver uma versão sem nenhum erro, idêntica a da gravação original. Rocks!

Better - Uma de minhas músicas preferidas do album Chinese Democracy. A banda detonou, muito perfeita, Axl se superou nos vocais, dançou um pouco, mas sem muita correria clássica dos anos 80. O público ficou boquiaberto. Bumblefoot brilhou na guitarra. Particularmente, acho Better até melhor que algumas músicas dos discos antigos. E ao vivo ela fica ótima. Letras chinesas "caindo" no telão e os fogos causaram lágrimas de emoção. Coisa de fã.

Estranged - Momento de angústia. Aparentemente, a música tinha começado normal (fiquei um tanto apreensiva por ela ser considerada durante muito tempo uma das que o Guns não tocava em palco). E eis que o impensável até aquele momento aconteceu: simplesmente Axl parou, travou, não seguiu com a letra, após a frase "old at heart" ... (dita quase como um pensamento em voz alta, o que ficou meio irônico) tentou continuar, andou um pouco no palco reclamando com a banda e disse:
"I don´t what is happening here. I´m confuse". Alguma pequena negociação, uns minutos de silêncio (um cara atrás de mim gritou: CANTA, FILHADAPUTA!! o que deixou o momento ainda mais #tenso e trocaram de música, mandando "Rocket Queen". O_O!! #porraAxlporrabanda Que susto, aê!!
 
Rocket Queen - Começou com uma longa intro, a banda mandando ver e segurando a onda da treta em "Estranged". Axl deu um perdido do palco e voltou, todo faceiro no passinho, para entoar o vocal agressivo que a música merece, talvez querendo provar que sabe as letras e que não foi falha no seu desempenho o "apagão" da música anterior. Para "reconquistar nossa confiança", abusou do rebolado e da "cara de que não aconteceu nada demais".  




Nice Boys - A banda colocou mais energia na apresentação. Axl dançou com o pedestal do microfone nas mãos, como nos velhos tempos. A banda parecia mais integrada, com os integrantes conversando entre si. O ritmo pesado e rápido nos fez esquecer completamente o apagão em Estranged, e o show ficou até mais intenso, a partir de então. 



Estranged (tentativa 2) - Apenas a duas músicas depois do apagão, com a platéia totalmente aquecida e o show em ritmo acelerado, o Guns engatou a segunda tentativa de tocar a gigante Estranged. E desta vez, conseguiram uma versão incrível, perfeita e muito intensa. Axl fez bastante contato visual com a platéia, que cantou alto e forte a letra. Foi emocionante e inesquecível, tornando a música mais especial. 

Uma pausa de Axl e Richard Fortus executa seu solo, no deixando ansiosos pelo que estaria por vir. 

Live And Let Die - Com efeitos pirotécnicos e muita emoção, a essa altura ninguém mais pensava na chuvinha que volta e meia voltava a cair. De certa forma até torcíamos pra continuar caindo uma água!!

Outro momento #tenso, foi quando Axl expulsou um rapaz do show; ele estava com um cartaz escrito "onde está Izzy, Duff, Steven e Slash?". Os seguranças foram acionados.  
 
Como rolou muita coisa, esta postagem ainda estará sendo editada, por isso peço que continuem acompanhando as atualizações... ainda comentarei o set list inteiro, com os links de videos do You Tube feitos pelo público. A sequência das músicas seguintes foi:
Tommy Stinson Solo, Dizzy Solo, Catcher In The Rye, You Could Be Mine, Dj Ashba Solo, Sweet Child O' Mine, Jam, November Rain, Abnormal (Bumblefoot cantando), Don't Cry (Axl sem o chapéu), Civil War, Axl tirando água do palco com um rodo, Knockin' On Heaven's Door,  Nightrain, Patience, The Seeker (cover do The Who), Jam, Paradise City... 

Nenhum comentário:
Escreva comentários

O que você tem a dizer sobre isso??

Estamos no Twitter, é só seguir - http://twitter.com
Receba nossa Newsletter