segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

ADJogos RS divulga dados do mercado gamer em 2016

Posted by   on

A direção da Associação de Desenvolvedores de Jogos Digitais do Rio Grande do Sul – ADJogosRS divulga dados relacionados aos trabalhos da associação e das 30 empresas associadas no último ano. Ao longo de 2016, a soma do faturamento das empresas chegou a R$ 8,5 milhões, o que representa um crescimento de 30% em relação a 2015 e um acréscimo de 183% em relação aos dados levantados em 2013, ano de fundação da associação. Em relação às oportunidades de negócios, 70% das empresas estão envolvidas em alguma negociação.

Neste mês, a direção da ADJogosRS fez a primeira reunião do ano com as empresas associadas, em Porto Alegre. Na ocasião, o novo presidente, Ivan Sendin, apresentou resultados atingidos pela Associação durante o ano de 2016, além de mostrar o planejamento para os próximos dois anos. “Quero fazer uma gestão mãos horizontal, com participação de todos e que todas as empresas possam crescer juntas nas oportunidades que a associação criar”, afirmou Ivan.

O ano de 2016 foi de intensa produção para as empresas associadas, com 81 jogos desenvolvidos, sendo 35% desses voltados para a prestação de serviços e 65% com games próprios. A ADJogosRS também contou com 265 pessoas trabalhando nas empresas associadas, sendo 25% sócios, 45% funcionários e 30% de freelancer.
 
  Eventos como a BGS são importantes para a divulgação da produção nacional (foto: Pop Notícias) 


Durante o último ano, 80% das empresas associadas tiveram a oportunidade de participar de eventos nacionais. Ao todo, a ADJogosRS esteve presente, na figura de seus associados, em 6 eventos diferentes: Bring (5 empresas), BIG (11 empresas), BGS (7 empresas), SBGames (10 empresas), Unite (7 empresas) e DASH Games (23 empresas). O Rio Grande do Sul conta, hoje, com cerca de 80 empresas de games.

Outro dado importante é referente a formação das empresas: 13 delas são oriundas de faculdades; 27% dos profissionais das empresas são graduados em Jogos Digitais, sendo 40% deles formados na Feevale; 17% na Unisinos; 17% na Uniritter; 17% na PUCRS e 9% de outras instituições de ensino.


                                                                                                                                 Fonte: Press Release

Nenhum comentário:
Escreva comentários

O que você tem a dizer sobre isso??

Estamos no Twitter, é só seguir - http://twitter.com
Receba nossa Newsletter