quinta-feira, 8 de setembro de 2016

BGS 2016: Top 10 de recordações do que teve de bom

Posted by   on

A Brasil Game Show deste ano aconteceu de 01 a 05 de setembro no São Paulo Expo, localizado na capital paulista. Com um maior espaço e mais empresas participantes, por mais que se tenha visitado a feira por diversos anos consecutivos, sempre fica aquela impressão de que a última edição foi única, talvez pelas recordações alegres geradas, a significação dada alguns games e principalmente pelos encontros com pessoas queridas, que sempre geram boas histórias. Abaixo, selecionamos algumas que aconteceram com a gente neste ano.

 Youtubers! - Sim, o evento está cheio deles, mas mesmo que você não esteja afim de se acotovelar no estande do YouTube para tentar ver alguma celebridade adolescente com mais de 100.000 seguidores, é relativamente fácil encontrar pelos corredores com alguns simpáticos apresentadores de bons canais, que frequentam o evento para produzir conteúdo (o que aumenta a possibilidade de até ser filmado ou entrevistado por algum web repórter). Na foto, Celso Affini do Defenestrando Jogos e The Smzinho (com um enorme sorriso). 

Cosplayers!! - Qual a sensação de "dar de cara" com seu personagem preferido? Cosplayers cada vez mais atingem a perfeição com caracterizações e interpretações que parecem mesmo que alguns ícones do mundo nerd saíram de alguma dimensão paralela para o mundo real. Como esta impresionante versão da Change Mermaid, do Esquadrão Relâmpago Changeman, tokusatsu que fez sucesso durante os anos 80 ao ser veiculado pela TV Manchete. A "pessoa por baixo da máscara" é Olakristal, que além de cosplayer, é recordista em pontuação no Xbox Live, com 269170 pontos de Gamescore!!

Campeonatos!! - Ver seu time jogando ao vivo, acompanhar o desempenho da equipe no telão juntamente com outros fãs é uma experiência única para um fã de eSport. Este ano, a Brasil Game Cup teve uma significação especial para o povo paraense: o time que representa o leão do Norte, Remo Brave, venceu o campeonato de Counter Strike GO, em uma disputa épica contra o CNB Hyper X. Acompanhar presencialmente a alegria da torcida e dos jogadores no momento de levantar a taça, não tem preço!!

Celebridades!! - Conhecidos através do programa na MTV, o comediantes do grupo Hermes e Renato estiveram no evento. Super simpáticos, posaram para fotos e atenderam o público com carinho, mostrando que uma carreira de sucesso se faz com humildade e respeito (mesmo quando se faz piadas repletas de palavrões e atos politicamente incorretos). Para quem tem mais de 30 anos ou acompanha os videos do grupo pelo YouTube, poder vê-los é zerar a vida!!

Podcasters - Mais conhecidos pela voz do que pelas imagens, o evento estava lotado de integrantes de podcasts, como Manoel "Nero" Siqueira e Henry Yatta, que participam juntamente com Gisele Henriques dos podcasts Live Blast (do portal de games GameBlast) e HQ Fan (do site homônimo). Uma boa oportunidade para comentar pessoalmente sobre as novidades do mercado de games. 

Desenvolvedores Indies - Todo gamer que se preza já jogou bons títulos criados por brasileiros. Seja em mobile, PC, ou mesmo em consoles, os games indies estão cada vez mais conquistando o mercado, com produções de excelente qualidade, divertidos e com boas histórias. Na BGS é possível conhecer, além dos títulos, os criadores dos jogos, bater um papo inteligente sobre criação e desenvolvimento, e saber "da boca de quem entende o assunto" como é transformar códigos em ação. 

Comida!!! - Sim, na praça de alimentação da BGS as opções estão cada vez mais variadas, este ano alguns trailers de food truck nos chamaram a atenção, mas nada cativou tanto quanto este prato de camarão com torta de limão de sobremesa. Comer é bom sim, e uma das melhores partes do evento. Julgue-nos... -_-

Games pra testar!! :D - Afinal, é um evento de jogos eletrônicos, né?? Este ano, a novidade foram os equipamentos para realidade virutal, mas também estavam a disposição do público diversos títulos inéditos. 

Figuras icônicas do mundo dos games - Paulo Montoia foi o editor da revista Ação Games, que durante os anos 90, era uma das poucas formas de adquirir informações sobre os lançamentos, dicas e macetes dos jogos. Ele esteve presente no estande da revista Warpzone, juntamente com outros grandes nomes do jornalismo impresso de games. Para quem vivenciou o auge dos consoles 16 bits, a "guerra" entre os fãs de Sega e Nintendo e o "nascimento" dos jogos de luta para consoles, é excelente poder encontrar as pessoas que de alguma forma, fizeram parte de nossa história através de seu trabalho. 

Marcelo Tavares - Aí você está andando pelos corredores da BGS e... pah! Encontra com o criador do evento passando. Aí só resta tirar uma foto e parabenizá-lo pela criação da maior feira da América Latina, que proporciona tantos momentos felizes e de união aos amantes dos jogos. E torcer para que a próxima seja melhor ainda...

E você? Já foi na Brasil Game Show, tem algum momento especial para relembrar? Deixe seu relato nos comentários... 

Nenhum comentário:
Escreva comentários

O que você tem a dizer sobre isso??

Estamos no Twitter, é só seguir - http://twitter.com
Receba nossa Newsletter