sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Campus Party 2016: FATEC Carapicuíba apresenta projetos do curso de Desenvolvimento de Jogos

Posted by   on

Entre as inúmeras instituições participantes da Campus Party 2016, os alunos do Curso de Desenvolvimento de Jogos da Faculdade de Tecnologia do Estado (FATEC) de Carapicuíba apresentaram interessantes projetos ao público, alguns visando melhorar a vida cotidiana através da tecnologia. Segundo o coordenador Alvaro Gabriele Rodrigues, foram inscritos treze projetos, dos quais seis foram selecionados pelos avaliadores da Campus Future.  

Realidade Virtual em óculos e holograma

Com temas que parecem ter sido tirados de um conto de ficção científica, os projetos apresentados se mostram bem reais, e são construídos no período mínimo de dois semestres de curso. Todos estão em diferentes estágios de desenvolvimento, segundo Alvaro Gabriele: "O Óculus Angoera está finalizado, foram dois anos refinando até a conclusão. O de ondas cerebrais está bem no início, tem apenas um semestre de desenvolvimento e deve levar mais um ano para concluir. O holograma está na metade do processo e tem pelo menos um semestre para refinar. A batalha de robôs em realidade aumentada já está há um ano em desenvolvimento e vai finalizar neste semestre. E o Simulador Veicular de baixo custo, já está concluído e levou dois anos pra finalizar". Ele afirma que todos os projetos são totalmente comercializáveis: "podem ser disponibilizados ao mercado, mas alguns tem maior potencial, como o Simulador Veicular, justamente pela obrigatoriedade de utilização desse tipo de dispositivo nas auto-escolas: Um simulador hoje, custa em média R$ 40.000,00, o nosso tem um custo inferior a 10% disso. O problema maior agora é adequar-se às novas exigências do CONTRAN para tentar vender para auto-escolas ou prefeituras. O Óculos Angoera também tem potencial para o mercado, mas demanda buscarmos parceiros para isso".

Conheça os projetos selecionados

Leitor de Ondas Cerebrais – Game que auxilia na integração entre paciente e cuidador 
Orientadora: Patricia Lima Rocha / Alunos: Paulo Fabian, Renan Lira e Rodrigo Fenilli
Jogo digital controlado por ondas cerebrais via dispositivo NeuroSky MindWave, que capta as emissões do usuário e as transforma em inputs na recepção. O game auxilia na comunicação com pacientes que sofrem de Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Batalha de robôs com realidade aumentada
Orientador: Thiago Xavier/ Alunos: Bruno Girardi e Michelle Kimura
Batalha de robôs reais montados com Arduíno e controlados via controle remoto. Ao mesclar game e robótica, os efeitos e a visualização da batalha são virtuais e aparecem em uma tela de smartphone, computador ou TV em realidade aumentada.

HoloArena: O uso da Holografia em um Jogo Digital 
Orientador: Carlos Alberto Paiva / Alunos: Flavio Willian, Matheus Dardene, Victor Gomes, Vitor Borghi e Renan Tito 
Jogo digital reproduzido com efeito de holograma a partir da técnica Pepper´s Ghost Pyramid para smartphone. Além do processo holográfico, o game responde a entradas com comando de voz.

O limite entre a referência e plágio em um jogo digital
Orientador: Renata Giovanoni di Mauro / Aluno: André Vinicius Gois Moreira
Dois modelos de jogos digitais, um com elementos plagiados e outro que traz criações originais inspiradas em games consagrados no mercado com a ideia de expor conceitos de referência e plágio.

Óculos Angoera – Realidade Virtual 
Orientador: Thiago Xavier / Alunos: Paulo Fontes, Phillipi Unger e Guilherme da Silva
Óculos de realidade virtual de baixo custo de produção e acessível ao público geral. Equipamento pode ser utilizado nas plataformas mais difundidas entre o público gamer.

Simulador de Direção de Baixo Custo Modular
Orientador: Alvaro Gabriele Rodrigues / Aluno: Rafael da Costa Nillo
Treinamento de alunos de autoescolas por meio de um game que simula a direção de um veículo. O dispositivo faz a análise do comportamento do condutor no trânsito durante o jogo e avalia se ele está qualificado para obter a carteira de habilitação. 


O curso de Desenvolvimento de Jogos é de nível superior (Tecnologia), com duração de três anos e carga horária equivalente à de um curso de Bacharelado: O aluno concluinte poderá prosseguir seus estudos em uma pós-graduação ou mestrado. É gratuito, e o acesso é via Processo Seletivo, que acontece duas vezes ao ano. Está disponível nas unidades de Carapicuíba, São Caetano, Ourinhos, Americana e Lins, em São Paulo.

O Programa Campus Future, é um espaço localizado dentro da Campus Experience, na Campus Party, é uma área de acesso gratuito, por onde devem passar cerca de 120 mil pessoas durante o evento. Funciona como uma maratona de interatividade e troca de experiências, além de oferecer ao público a oportunidade de experimentar protótipos e interagir com as invenções dos estudantes. Os três melhores trabalhos receberão certificados e troféus durante a cerimônia de encerramento, que será no sábado, 30, a partir das 20 horas. A universidade vencedora ganhará o troféu Destaque Campus Future (trecho de texto adaptado deste site) 

Serviço:
Campus Party Brasil 2016
Quando: 26 a 31 de janeiro de 2016
Onde: Pavilhão de Exposições Anhembi (Av. Olavo Fontoura, 1209 – Santana, São Paulo - SP).
Horário da mostra acadêmica: 10h às 20h
Entrada para Campus Future é gratuita. As outras atrações são fechadas e pagas.
Mais informações: http://brasil.campus-party.org

Nenhum comentário:
Escreva comentários

O que você tem a dizer sobre isso??

Estamos no Twitter, é só seguir - http://twitter.com
Receba nossa Newsletter