terça-feira, 3 de novembro de 2015

Site Minas Nerds estréia com conteúdo diversificado voltado para a representatividade feminina

Posted by   on

Entrou no ar no último dia 31/10 o site MinasNerds, com uma proposta diferenciada: um vasto conteúdo sobre cultura pop e comportamento, produzido por mulheres e voltado para elas (o que não impede de ser lido, curtido e conhecido pelos outros gêneros). Entre as primeiras postagens, um Manifesto, que ressalta a importância da representatividade. Em poucas horas no ar, o número de acessos foi tão grande, que os servidores do site tiveram uma queda temporária, rapidamente resolvido pelas programadoras responsáveis. 

Criado originalmente como um grupo no Facebook, o MinasNerds evoluiu para um coletivo cultural, devido a troca de experiências, vivências e habilidades das mais de 1.500 participantes. Com o objetivo de "lutar pela representatividade justa, apropriada e igualitária da mulher no meio geek e nerd", são abordados assuntos como Quadrinhos, Games, Animes, RPG, Literatura, Música e TV, ao lado de Ciências, Estilo, Maternidade e Diversidade.   

Gabriela Franco é a idealizadora do grupo. Ela organizou as informações com a criação de uma empresa, e hoje administra o site, em conjunto com diversas outras participantes da comunidade virtual. Ao ser perguntada se a iniciativa foi uma demanda do momento atual, onde tanto se discute o feminismo em diferentes áreas de atuação, ela contesta: "Não foi esse nosso objetivo. O MinasNerds foi criado para ser um grupo de discussão seguro na internet, livre de abusos, machismo e misoginia geralmente encontrados em forums e grupos de discussão sobre cultura pop mistos, por aí. Foi ganhando proporção e as meninas reclamavam muito sobre a falta de conteúdo feito por e para mulheres no meio geek e nerd. Acho que uma coisa foi puxando outra e decidimos criar um site".

Sobre a decisão pelos temas abordados no conteúdo do site, ela explica que ele foi feito de acordo com a demanda percebida: "Primeiramente, antes de mais nada, somos também consumidoras de cultura pop. E nos sentíamos, a maioria das vezes insatisfeitas com a forma com a qual a mulher era representada em sites de cultura pop existentes por aí. Portanto, o primeiro critério usado foi : O que gostaríamos de ler/saber de verdade? Qual enfoque?"

Além das reportagens do site e das redes sociais, diversas participantes do coletivo MinasNerds também participam de eventos e palestras de cultura pop. Para acompanhar a evolução da iniciativa, acesse www.minasnerds.com.br 

Nenhum comentário:
Escreva comentários

O que você tem a dizer sobre isso??

Estamos no Twitter, é só seguir - http://twitter.com
Receba nossa Newsletter