terça-feira, 6 de outubro de 2015

Hora do Código tem programação educativa para estudantes

Posted by   on


A Fundação Lemann e a Fundação Telefônica Vivo, por meio do Programaê!, promoverão durante a Semana da Educação em Ciência da Computação (que vai de 05 a 11 de outubro) a segunda edição da Hora do Código, um movimento para introduzir uma hora de programação na vida escolar, demonstrando que a tecnologia pode ser aliada da educação e um agente de transformação social. 

A ação tem como foco nas escolas públicas e na parcela mais carente da população. Participam do projeto escolas de comunidades da Rocinha (RJ); Heliópolis (SP); Bombinhas (SC), entre outras. Essas instituições recebem cartilhas explicativas sobre a Hora do Código, com a finalidade de incentivar alunos e professores a participar. Para que haja inclusão até mesmo das unidades que não possuem muita infraestrutura, há sugestão de atividade offline, incentivando a participação de todos. 

O movimento global impactou, em 2014, jovens de cerca de 180 países. Estima-se que mais de 100 milhões de alunos em todo o mundo já tenham participado, sendo um milhão de estudantes apenas no Brasil. O objetivo do projeto é desenvolver habilidades de resolução de problemas, lógica e criatividade de maneira lúdica, além de aproximar as crianças e jovens do caminho para a qualificação profissional. Para esse ano, a meta é impactar 2 milhões de pessoas no Brasil.


Os participantes da Hora do Código podem ter a partir de 4 anos. Há atividades para todas as idades e em mais de 40 idiomas. A participação é gratuita. Basta acessar: http://programae.org.br/horadocodigo.

A idealizadora do projeto no exterior é a Code.org, uma instituição pública e sem fins lucrativos, que conta com apoio de grandes empresas como Microsoft e Apple e personalidades como o presidente Obama, Mark Zuckerberg e Bill Gates.

Nenhum comentário:
Escreva comentários

O que você tem a dizer sobre isso??

Estamos no Twitter, é só seguir - http://twitter.com
Receba nossa Newsletter