domingo, 13 de setembro de 2015

Livro Lido - Turma da Mônica vai ao Círio de Nazaré

Posted by   on

Lançado na Bienal do Rio de Janeiro deste ano e fruto de uma parceria entre a Mauricio de Sousa Produções e a Editora Santuário, o livro Turma da Mônica vai ao Círio de Nazaré tem roteiro do Padre Ferdinando Mancílio, e desenhos de Anderson Nunes. A obra faz parte de uma série temática onde os personagens visitam pontos turísticos religiosos de todo o país.
A festa dos paraenses foi descrita através de um texto leve, de fácil entendimento para crianças. Através de uma viagem dos personagens mais famosos da turma e auxiliados pelo amigo Vitinho, Mônica, Cebolinha, Cascão, Magali e Chico Bento participam de diversos momentos marcantes do Círio, como a procissão e a ceia. Eles também fazem uma visita à margem do rio Pará, enquanto aprendem a história e curiosidades da região.

É emocionante ver as imagens mais características da região Norte retratadas nos desenhos, com cores intensas e o traço tão conhecido dos fãs. A arquitetura da Basílica foi mostrada pelo lado interno e externo. Paisagens como o Ver-O-Peso e o Círio Fluvial fazem pensar na possibilidade algum desenho animado com o tema. Porém, senti falta de uma ambientação mais profunda, com desenhos mais detalhados de frutas e comidas típicas como o açaí (que não aparece nem em árvore nem na cuia). Também não são citadas as danças e o lado profano, como o Arraial (com seu parque de diversões), as barracas de ervas medicinais e "banhos de cheiro", nem as populares "lembranças" em forma de brinquedos artesanais.    

Enfim, é difícil falar do Pará em 47 páginas. O Estado possui muitas peculiaridades e manifestações únicas, logo, ao ser escolhidas algumas, sempre sentimos falta das outras. Nada que outra edição não resolva!!



PS: Houve uma polêmica um pouco antes do lançamento, ocorrido em setembro. O jornalista Anderson Araújo publicou através das redes sociais um texto satírico, mostrando uma possível vivência dos personagens ante alguns dos pontos mais negativos da capital paraense. Ele afirmou ter recebido pedidos para que a postagem fosse deletada, mas foi rapidamente compartilhada, e ainda circula pela web. 

Nenhum comentário:
Escreva comentários

O que você tem a dizer sobre isso??

Estamos no Twitter, é só seguir - http://twitter.com
Receba nossa Newsletter