segunda-feira, 21 de setembro de 2015

DENÚNCIA: Comedy Central Brasil desfoca imagens fálicas em episódio de South Park

Posted by   on

Na noite de hoje (21/09/2015), o canal Comedy Central reprisou com desfoques estratégicos o terceiro episódio da sétima temporada de South Park, "Papel Higiênico". Na trama, as crianças zombam de uma aula de Artes sobre Modelagem, esculpindo com perfeição uma figura fálica, enquanto riem e debocham. A professora, irritada, pega a escultura e os expulsa da aula, obrigando-os a ficar de castigo na detenção após o término do período escolar. Eles prometem se vingar sujando a fachada da casa da professora com dezenas de rolos de papel higiênico. 

Nas fotos acima, capturadas diretamente da tela do televisor no momento da veiculação, é possível ver o efeito Gaussian Blur sobre a figura fálica de argila. No plano aberto, fica até difícil perceber que havia algo em cima da mesa. No plano fechado enquanto a professora segurava o objeto, fica mais claro seu formato: um pênis, com testículos. O audio não foi censurado, portanto os palavrões e menções ao feito dos alunos foram ao ar normalmente.  

O episódio foi criado em 2003, já tendo sido veiculado inúmeras vezes pelo canal, sem os desfoques. Há diversas outras menções a sexo e partes íntimas femininas e masculinas em toda a série, com episódios muito mais explícitos que este, com inúmeros palavrões e linguagem obscena. Há um aviso de conteúdo no início de cada veiculação, e por se tratar de um canal por assinatura, acredita-se que não há necessidade de cortes ou adaptações, visto que a emissora também transmite outras séries de conteúdo adulto, como "A Casa Animada", "Ugly Americans" e "Happy Tree Friends". Até o momento, não encontramos explicações na Internet ou pronunciamentos do canal sobre a tardia decisão. 

South Park é conhecido pelas censuras devido ao discurso político e religioso (como as brincadeiras com o profeta Maomé que despertam o ódio de grupos radicais). Como possui conteúdo repleto de violência e conotação sexual, por muitas vezes teve cenas cortadas ou adulteradas com efeito pixelado, geralmente quando envolve introduções de objetos (como nos episódios em que uma versão de Martha Stuart ensina a fazer alguns estranhos trabalhos manuais). Porém não é só nas emissoras de TV que o desenho é alterado: No game Stick of Truth a Ubisoft retirou algumas cenas relacionadas a aborto e sodomia em versões distribuídas para alguns países, fato que provocou a ira dos autores

Um comentário:
Escreva comentários
  1. É o tal moralismo hipócrita de hoje.
    Como um certo dublador falou num podcast: "É pra adultos ou não é? A moça está ou não está grávida?"

    ResponderExcluir

O que você tem a dizer sobre isso??

Estamos no Twitter, é só seguir - http://twitter.com
Receba nossa Newsletter