quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Morre "Bobo", asistente de palco do programa Metendo Bronca da RBATV

Posted by   on


Notícia confirmada através dos meios de comunicação integrantes da RBA, a morte do assistente de palco Luiz Gonzaga Gomes de Araújo, o “Bobo”, traz a tona lembranças de uma fase encerrada no jornalismo da emissora paraense afiliada da Band.

Ao lado do anão Capacidade, cabia ao "Bobo" uma espécie de papel atenuante das trágicas notícias veiculadas no programa Metendo Bronca, apresentado por Luis Eduardo Anaice. Através do humor inocente e em alguns momentos involuntário, o personagem era como um "olhar do povo" ante o ponto de vista do forte conteúdo exposto no programa. As piadas e esquetes cômicas interpretadas entre as chamadas para as reportagens funcionavam como um alívio da tensão de uma triste realidade de violência, impunidade e deficiência dos serviços públicos evidenciadas pelas denúncias e pelo sensacionalismo que é marca da emissora. 

Após mudanças de formato dos programas da RBATV (inclusive com o corte de uma das atrações semanais, o Boteco da Sexta), foram dispensadas as participações da dupla de humoristas. Em 2010, o apresentador Joaquim Campos assumiu o programa Metendo Bronca. Luis Eduardo Anaice passou a comandar o "Cidade Contra o Crime", no horário da manhã.  Capacidade seguiu carreira como jogador do time de futebol Gigantes do Norte, formado por anões. E Luiz Gonzaga não foi mais visto em programas televisivos. Desde então, a emissora não aparenta investir em programas de entretenimento, nem possui quadros humorísticos. Apenas o Paranóia, produção independente veiculado aos domingos pela manhã segue a linha que já foi um dos maiores pontos fortes da emissora, que transformava músicas, bordões e piadas em verdadeira coqueluche entre o povo, reafirmando o vocabulário regional, até auxiliando a incluir expressões e verbetes como "chicote neles", "eita Pará pai d´égua", "passar a cupiuba", "pivazinha", "casseteira", entre muitos outros, assim como reforçava a identidade popular, através das pequenas dramatizações cômicas de relatos de histórias típicas do interior e da interpretação de personagens carregados de regionalismo. 

Conheci Luiz Gonzaga durante participação no programa Metendo Ficha, em 2009. Demonstrou ser uma pessoa humilde, muito agradável, alegre, sociável. Vai deixar saudade. Descanse em paz. :(

A foto é um selfie, de Gisele Henriques e Luiz Gonzaga. 

Nenhum comentário:
Escreva comentários

O que você tem a dizer sobre isso??

Estamos no Twitter, é só seguir - http://twitter.com
Receba nossa Newsletter