quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Fora do ar para download, Flappy Bird homenageado em ponto-de-cruz!!

Posted by   on

Com a rápida duração de um mês de downloads, o game Flappy Bird foi retirado do ar no último domingo (9), por seu desenvolvedor, Dong Nguyen, que alega não ter suportado a pressão do sucesso repentino. Altamente viciante para os usuários e lucrativo para o criador, o jogo também é deveras semelhante em seu conceito visual ao mundo de Super Mario Bros., uma das possíveis razões apontadas para sua remoção.

Seria uma hipótese mais plausível para a desistência do projeto uma ameaça de processo por plágio por parte da Nintendo, que detém o direitos autorais de Mario e sua turma. Afinal, Dong viu realizado o sonho de qualquer produtor: transformar seu invento em um sucesso mundial, reconhecidamente divertido e viralizante. As posibilidades para Flappy Bird seriam infinitas, assim como ocorreu para Angry Birds (outro conceito semelhante no nome e em alguns aspectos): chances de licenciamentos de produtos, séries animadas e jogos multiplataforma certamente surgiriam, assim como já pululavam nas redes sociais memes baseados nas imagens do jogo, que atestavam sua popularidade crescente.
Outra coincidência foi o recente anúncio da Nintendo em investir nos apps para celular, como forma de divulgação dos consoles e jogos para outros públicos. Confesso, que em um primeiro momento quando vi as imagens de Flappy Birds, pensei já se tratar de alguma jogada de Marketing da empresa, ou de um jogo recém lançado pela mesma, dado a já citada semelhança com o mundo de Mario, o que até de algum modo, incentivou-me a pesquisar sobre ele; creio que esse também foi um dos fatores que motivaram alguns dos milhares de usuários a baixá-lo. Ao meu ver, acabou servindo como uma maneira de mensurar a aceitação dos jogadores a possíveis mini games e Apps baseados na linguagem visual tão característica da Nintendo na era 16 bits . 
As últimas notícias sobre a Nintendo falam em prejuízos e mudanças de estratégia para evitar uma suposta falência, fato aparentemente negado por seus executivos em entrevistas. Se a coisas estão tão ruins assim na fabricante de Mario, e se realmente sinalizaram processo contra o criador de Flappy, por que não mudar de estratégia e se unir com ele, reconhecendo o jogo como franquiado pela empresa?? Se para Dong Nguyen administrar sozinho algo tão grandioso seria um desafio, para a Nintendo seria uma boa solução em meio a suposta crise. 
Ainda tenho esperanças de ver Flappy Bird disponibilizado ao público de novo. E quem sabe, com o selo de qualidade da Nintendo.    
  
PS: Transformei a "Flappy Bird" em ponto-de-cruz. Espero que nem o criador nem a Nintendo fiquem chateados com isso!! Foi uma homenagem pela valorização do estilo 16 bits, ícone da pixel art, matéria prima para os meus bordados...

Nenhum comentário:
Escreva comentários

O que você tem a dizer sobre isso??

Estamos no Twitter, é só seguir - http://twitter.com
Receba nossa Newsletter