domingo, 9 de fevereiro de 2014

Filhos of the Dark, o primeiro bloco a unir Carnaval e Heavy Metal

Posted by   on

Tinha que ser em Belém: inovadores por natureza, paraenses tiveram a façanha de unir duas forças, tecnicamente opostas: a estrutura característica do Carnaval baiano, com trio elétrico e arrastão regado a muita cerveja, e a paixão pelo metal pesado, iconizado por bandas como Iron Maiden (de quem a iniciativa emprestou uma parte do refrão de uma música para o trocadilho que  deu o nome do bloco). Nasceu assim "Filhos of the Dark", que contou com o apoio do blog Metal Pará, do bar StudioPub Belém e da Escola G2 Muhsica.
A concentração e o percurso aconteceram neste sábado 08/02, passando pela Avenida Almirante Tamandaré. Os panfletos de divulgação anunciaram 1000 latas de cerveja na concentração, sorteio de brindes, abadá e caneca oficial ao preço de R$ 50,00 para os primeiros 300 ingressos. Também foi realizada uma festa no pós evento.
Não tivemos contato com nenhum participante ou organizador, mas podemos atestar a veracidade do fato pelas imagens postadas por foliões no You Tube. Ao que parece, a fusão entre o melhor de dois mundos pode trazer sim muita diversão aos brincantes, que já pedem a realização de mais eventos através do Facebook do bloco, provando que a capital do Estado conhecido por lançar ao mundo estilos musicais como Brega, Techno Melody e Carimbó, e músicos como Pinduca, Gaby Amarantos e a Banda Calypso, é um local com uma grande diversidade musical, sem perder a identidade de seu povo, que é conhecido apreciador de eventos ao ar livre regados a cerveja, fato atestado pela grande quantidade de público que atraem.

Em tempo: não foi a primeira vez que um grupo de rock tocou em um trio elétrico. A gigantesca banda U2 realizou um curioso evento de rua em 2004. E sobre a mistura de Carnaval com música pesada, no interior do Pará, aqui na cidade de Cametá, onde a folia momesca inicia no dia 01/01, semanalmente a programação da Praça da Justiça neste ano conta com a apresentação de bandas de rock locais na abertura, como Crasse Baixa e Resistência Cabana. 

2 comentários:
Escreva comentários
  1. Conheci hoje o trabalho desta galera, Achei muiiiiiito irado, Sou de Recife e fiquei com uma invejinha de Belém.....rs.
    Parabéns aos paraenses, Bela iniciativa.

    ResponderExcluir
  2. Realmente, os "Filhos" foram uma iniciativa única... Pará tem disso!! mas fica atento, se o bloco sair ano que vem, quem sabe vc vem por aqui participar? ;) Abraço!

    ResponderExcluir

O que você tem a dizer sobre isso??

Estamos no Twitter, é só seguir - http://twitter.com
Receba nossa Newsletter