terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

#FicaaDica : Tire suas dúvidas sobre o Foursquare e como ganhar medalhas (badges)

Posted by   on

Criado nos EUA em 2009, Fourquare é uma rede social que tem como diferencial a tecnologia empregada: Utilizando-se de aparelho de celular com o aplicativo instalado, é possível dar "check in" no lugar onde se encontra no momento, ou em "locais", que também podem ser criados caso ainda não estejam cadastrados no serviço. Funciona como um jogo: para cada "check in", o usuário acumula pontos, gerando ranking de classificação (entre os amigos ou entre usuários cadastrados). Também é possível se tornar "prefeito" (mayor) de alguns locais, ao se realizar o maior número de check ins. 

 Os locais, por sua vez, são classificados por categorias, como alimentação, casa noturna, residências, profissional, arte e lazer, faculdade, etc. Ao se dar check in constantemente em alguns tipos de locais, é possível ganhar medalhas (as "badges"), com divertidas classificações. Também existem "badges" específicas para algumas cidades do mundo, faculdades americanas (com suas fraternidades), times esportivos, e até algumas relacionadas a eventos, épocas do ano, programas de TV ou empresas patrocinadoras (para ganhar a maioria destas é preciso curtir alguma página, dar check in em algum lugar específico ou utilizar algum serviço).
O Brasil possui apenas três medalhas específicas: duas delas, foram criadas através de votação popular no site do aplicativo: a Carioca (para cinco check ins em pontos turísticos do Rio de Janeiro) e Sampa (para São Paulo). Há também uma badge patrocinada, a "Sem Fronteiras": para ganhá-la, basta curtir a página da TIM Brasil e dar check in em alguns locais citados lá. Com a realização da Copa do Mundo em nosso país, é possível que sejam criadas mais medalhas sobre locais e datas comemorativas, quem sabe??

Abaixo, deixo algumas dicas para utilizar melhor o 4SQ (como é chamado carinhosamente pelos fãs):

Três práticas ruins:
1- Dar check in em locais falsos (tipo, estar em casa e marcar a Ponte do Brooklyn para ganhar medalhas). O sistema percebe, não gera pontos nem medalhas;
2- Criar pontos de check in falsos ou com classificação errada (isso prejudica também os outros usuários a ganharem suas medalhas);
3- Escrever palavras de baixo calão na definição de locais (já encontrei alguns, infelizmente).

Três dicas para "virar medalhista":
1- Não adianta dar check in aleatório: defina metas para suas medalhas (tipo, se trabalha em escritório, dê check in 15 vezes no mês para ganhar a medalha 9 to 5);
2- Acesse e curta as páginas de empresas e locais, algumas tem medalhas próprias;
3- É sempre legal adicionar amigos, existe até uma medalha para check ins em conjunto (a Player, Please: é possível ganhá-la ao marcar um local juntamente com três amigos do sexo oposto).

É importante lembrar que algumas medalhas são retiradas do sistema, e outras incluídas: portanto, nem sempre é possível conseguir algumas que seus amigos tem (a Back to School, por exemplo, já não existe mais).

Já vi alguns usuários se utilizarem de um programa que gera um sinal de GPS fake para simular locais de check in. Além de absurdo, acho isso bem sem graça, afinal, as medalhas contam um pouco da história de cada usuário, seus costumes e locais preferidos, então não é legal burlar o sistema para ganhar medalhas que nem são de nosso país, por exemplo. O conjunto de medalhas de cada usuário é único, e o divertido é o caminho para chegar até elas, e não necessariamente ter todas de uma vez. #FicaaDica

Existem vários sites e blogs que dão dicas e listas das melhores medalhas: eu gosto muito de acessar o www.4sqlove.blogspot.com

Nenhum comentário:
Escreva comentários

O que você tem a dizer sobre isso??

Estamos no Twitter, é só seguir - http://twitter.com
Receba nossa Newsletter