terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Gisele Henriques fala sobre .Gamemania, o livro

Posted by   on


"Gamemania, surgiu a partir das histórias fictícias misturadas com os relatos reais contados pelas centenas de correspondentes com quem a autora manteve contato desde 1993, amigos de infância da cidade onde mora, e até algumas histórias vivenciadas pela própria autora, que observou os reflexos comportamentais na vida de crianças e adolescentes usuários de jogos eletrônicos, e sua interação com a sociedade". 

"Confesso, que na correria do dia-a-dia, por muitas vezes esqueço de "visitar" meu livro no site do Clube de Autores. Acho que foi por isso que me surpreendi ao perceber os mais de 6.000 views da página de venda dele no site."  afirma a autora, Gisele Henriques.

Sobre a ideia de disponibilizar via Internet: "Quando finalizei o texto em 2009 e iniciei a distribuição em .pdf, tinha uma repercussão pífia, fruto da panfletagem em redes sociais (leia-se Orkut) onde ele não foi muito bem recebido. Talvez isso tenha me desestimulado muito a divulgar e investir no projeto. O Clube de Autores me trouxe novo ânimo. Fiz a publicação sob demanda em 2011".

Quanto aos resultados atingidos, Gisele desabafa: "Não creio que atingi nem 1% do que gostaria com esse livro, pois sinto que o conceito tem potencial: os relatos sobre uma época especial, onde adolescentes e crianças tinham como maior preocupação juntar moedas para comprar fichas no fliperama, traçar planos para fugir da escola e jogar escondido na casa de um coleguinha, para posteriormente fugir do castigo dos pais pela travessura. Um tempo onde não tínhamos redes sociais, apenas sentavamos em alguma calçada na esquina com uma revista de games na mão, e um por um, os amigos se juntavam, como que em um encontro marcado. Os jogos não eram nada realistas, nem tinham inteligência artificial, mas nos prendiam por horas... enfim, um tempo que para quem viveu, nunca mais voltará".
Ela também revela mais sobre o processo de criação: "Optei por escrevê-lo em um texto simplificado, para que o adolescentes do presente pudessem ter contato com a nossa história, trintões saudosistas. Mas percebi que na verdade, meu público que se emociona e curte são as pessoas que vivenciaram aventuras parecidas com as do livro (talvez esse tenha sido meu erro na divulgação lá no início)".
  
E... sobre as perspectivas futuras do projeto? "O caminho de um escritor novato está longe de ser um mar de rosas, principalmente para quem quer falar com um público acostumado ao mundo virtual dos games: nesse caso, vender algo "de papel" muitas vezes encontra barreiras. Disponibilizá-lo em .pdf foi uma boa opção, que só "decolou" a partir da popularização de tablets e smartphones, mas eu já a utilizava em 2009!! Também estou viabilizando através do Clube de Autores a disponibilidade dele na Appstore e no Google Play, o que deve acontecer em breve (depende do sistema do site e da conversão dos arquivos para o formato adequado)".

Gisele Henriques conclui: "Enfim... Gamemania é um pedaço de mim. Do que fui, do que continuo sendo: uma jogadora de videogame que adora ouvir e contar histórias. Que no fundo, também são as vivências de todos os gamers da minha fase".    

2 comentários:
Escreva comentários
  1. Tem link? Fiquei interessado em ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Bruce, fico feliz com seu comentário. Por motivos contratuais, o livro só está disponível na internet para venda no site Clube de Autores: https://www.clubedeautores.com.br/book/2573--Gamemania#.UzXaXKhdUnA
      Mas se quiser, mande um e-mail, e eu te mando maiores informações!
      Abs!

      Excluir

O que você tem a dizer sobre isso??

Estamos no Twitter, é só seguir - http://twitter.com
Receba nossa Newsletter