terça-feira, 10 de dezembro de 2013

#TrueStory - Ladrão de videogame ataca lan house

Posted by   on


Era para ser mais uma daquelas histórias sobre criminalidade que me deparei em minha profissão de repórter, mas desta feita com tema gamer: uma lan house de Cametá - PA é alvo frequente de assaltos e furtos, sendo que na última investida, o meliante foi flagrado pela câmera de segurança no momento em que afanava um Playstation 2. Apesar dos esforços do proprietário em procurar pessoalmente pelo ladrão e divulgar o ocorrido nas redes sociais, não foi possível reaver o aparelho, que segundo ele, custa em torno de Oitocentos Reais.
Paulo André Bacha, o proprietário da lan house, afirmou que prefere trabalhar com aparelhos mais simples e baratos (no caso, o Playstation 2) devido aos assaltos: já teve subtraídos em outra ocasião alguns Playstation 3, e diz nem pensar em PS4, ou nos lançamentos da nova geração! O mais curioso, talvez, seja o fato de o empresário ainda trabalhar com "play game", coisa um tanto rara nos dias atuais, porém muito popular nos anos 90, auge da era 16 bits. Interessante também o fato de que, no momento em que cheguei no local, haviam algumas crianças jogando em um emulador de Super Nintendo: prova de que possivelmente o formato mais simplificado de jogo seja mesmo a opção mais atrativa e aceita para "os jogos por hora". 
Nas cidades pequenas com moradores de baixo poder aquisitivo, onde as crianças não tem consoles em casa (às vezes, nem uma televisão de qualidade), tampouco tablets e outros gadgets, lan houses e gamelocadoras ainda são uma opção de entretenimento, e meio de subsistência para os proprietários, apesar dos riscos de assaltos e outros problemas.  

Alguns amigos de Paulo André fizeram um meme sobre a história, e divulgaram nas redes sociais.

Nenhum comentário:
Escreva comentários

O que você tem a dizer sobre isso??

Estamos no Twitter, é só seguir - http://twitter.com
Receba nossa Newsletter