quarta-feira, 15 de junho de 2011

Saudade do Jaspion

Posted by   on

Quem foi criança nos anos 80 e morou em cidade na área de abrangência do sinal da extinta Rede Manchete, canal 6 no Rio de Janeiro, lembra com saudade dos seriados japoneses veiculados (e exaustivamente reprisados) pela emissora. Changeman, Jiraya, Jiban, Cyber Cop, Sol Brain, Patrine, e tantos outros tokusatsus, como são chamados no Japão fizeram a alegria da meninada que corria para casa após as aulas, para assistir os programas de TV (e no meu caso, também lanchar Nescau com biscoito).


O Fantástico Jaspion não foi o primeiro seriado que assisti, mas considero um verdadeiro divisor de águas da programação infantil brasileira dos anos 80. Foi ao ar em um período que os programas infantis eram moda na TV, onde cada canal tinha a sua loirinha sibilante oficial (ou morena, em raros casos). Chamou a atenção por ser um "filme", em meio a tantos desenhos animados. A armadura, os efeitos especiais e a trilha sonora, além do fato de ser original do Japão, com todos aqueles caracteres em linguagem incompreensível para a maioria dos ocidentais e pessoas de raça diferente da maioria brasileira (onde mulatos, negros, brancos e morenos de todos os tipos dominam as ruas, frente a uma minoria de orientais). Japoneses, e esse comentário não tem nenhum tipo de conotação racial e nem estereotipada, sempre são associados à modernidade, aos robôs, computadores, pela tradição de seu país, e ver um seriado com atores japoneses falando de uma realidade alternativa altamente rica de tecnologia, com naves e robôs gigantes, dava um certo tom de "credibilidade" às tramas, pelo menos em minha cabecinha infantil (e a de alguns dos amiguinhos, com quem discutia os episódios). Ficavamos sempre a imaginar como seria o Japão, nosso ideal de progresso e tecnologia...

E sinceramente, eu imaginava como seria o processo de produção daqueles seriados, algo tão complexo para a época! Hoje, sentindo um certo clima nostálgico, e ante ao tédio entre um programa de TV e outro, procurei no You Tube e encontrei este making of do Jaspion, que trouxe um pouco à luz sobre o processo de produção de um seriado que para época nos parecia tão moderno, e que hoje para alguns, pode parecer totalmente brega e sem sentido (para estes, talvez a infância tenha sido bem diferente da nossa, eternos fãs)!



Nenhum comentário:
Escreva comentários

O que você tem a dizer sobre isso??

Estamos no Twitter, é só seguir - http://twitter.com
Receba nossa Newsletter